Você está aqui: Página Inicial > home > Notícias > Helder Barbalho exorta setor portuário a mobilizar a sociedade no combate ao Aedes aegypti

Helder Barbalho exorta setor portuário a mobilizar a sociedade no combate ao Aedes aegypti

Publicada em 13.02.2016
por Assessoria de Comunicação Social última modificação: 13/02/2016 14h13

O ministro da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), Helder Barbalho, participou neste sábado, 13/02, da mobilização nacional de combate ao mosquito Aedes aegypti. O ministro esteve em Santos (SP), onde conclamou a comunidade portuária a estender os esforços que já são feitos em suas instalações para além de seus muros.

“Nós da área portuária temos que ir mais longe, dialogando com cada cidadão, indo às escolas”, pediu o ministro. “Essa é uma luta de todo o País. É uma responsabilidade do ente público, mas também de cada cidadão”.

Helder Barbalho lembrou que o governo está desenvolvendo no Instituto Evandro Chagas, do estado do Pará, uma vacina contra a dengue. “Mas isso ainda demora pelo menos um ano”, frisou. “Por isso a mobilização de todos no combate ao mosquito é importante. Esse é um chamamento à sociedade. E por isso estamos neste estado, São Paulo, o mais populoso do País, para que nossa ação repercuta em todo o Brasil”.

Ao lado do presidente da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), Alex Oliva, e do prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, o ministro conheceu algumas boas iniciativas, que estão fazendo baixar o número de casos de dengue na região. Segundo prefeito de Santos, houve uma redução de 50% no número de casos de dengue na cidade, caindo de 132 em 2014 para 72 no ano passado.

“Essa parceria com os portos é fundamental para esse combate”, afirmou o prefeito.

A Codesp mostrou ao ministro Helder Barbalho que no ano passado foram feitas 257 vistorias no porto para combater o mosquito e outras 27 inspeções em áreas administradas por companhias arrendatárias.

“Em 2014, a Codesp criou o núcleo de prevenção à dengue em todo o porto”, contou o presidente da Codesp. “Hoje existem 33 núcleos funcionando”. Oliva disse que esses núcleos fazem mensalmente relatórios que orientam as ações de combate ao mosquito.

“A presidenta Dilma determinou que todos buscássemos mobilizar a sociedade no combate. A nação é mais forte que o mosquito”, concluiu o ministro.

 

 Clique na imagem e acesse à galeria de fotos.

13.02.2016  Helder/Santos/campanha

 

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria de Portos - SEP/PR
comunicacaosocial.sep@portosdobrasil.gov.br
twitter.com/portosdobrasil
Fone: +55 (61) 3411 3702/3714