Você está aqui: Página Inicial > home > Notícias > Ministro participa de fórum sobre escoamento da safra 2016

Ministro participa de fórum sobre escoamento da safra 2016

Objetivo foi discutir ações para minimizar eventuais transtornos nas cidades

Publicada 17.02.2016
por Assessoria de Comunicação Social última modificação: 17/02/2016 18h53

O ministro Helder Barbalho, da Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP), disse estar confiante no aumento da capacidade de escoamento da produção agrícola brasileira pelos portos do País ao abrir, nesta quarta-feira, 17/02, o Fórum Operação Safra 2016. Organizado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), o encontro reuniu governos federal, estadual e municipais com empresas, produtores e armadores. O objetivo foi apresentar ações estratégicas para minimizar eventuais transtornos na região com o escoamento da safra.

“Batemos recorde de movimentação de carga no ano passado, com mais de 1 bilhão de toneladas, e estamos confiantes na trajetória ascendente da nossa capacidade de escoamento. Sucesso para a safra, para o nosso trabalho e para o Brasil”, comemorou o ministro, destacando a participação do Porto de Santos no escoamento da Safra de 2015, com a realização de agendamentos (medida adotada pela Codesp para evitar filas). “No ápice da produção de outubro, chegou-se a 97% de agendamentos”, ressaltou Helder Barbalho.

O ministro manifestou seu otimismo quanto ao aumento da eficiência no embarque e desembarque de produtos agrícolas nos portos, com diminuição do impacto nas cidades. “Temos convicção que em 2016 nosso êxito será igual, graças ao aperfeiçoamento que vimos implantando nos últimos anos. A participação do Porto de Santos nesse processo foi fundamental”.

Para Helder Barbalho, as cidades também têm condições de contribuir para a diminuição das filas de veículos nas estradas, sem prejuízo para a população. Nesse sentido, e com o objetivo de traçar um plano de ação, ele se reuniu com os prefeitos de Santos, Paulo Barbosa, e as prefeitas de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, e de Cubatão, Marcia Rosa.

Uma das medidas recentemente adotadas foi a liberação pela SEP, semana passada, de R$ 72,4 milhões para a implantação da Avenida Perimetral, na margem direita do Porto de Santos. A obra vai construir três quilômetros de rodovia e dois viadutos, liberando o tráfego ferroviário no local. Outra ação importante é a viabilização dos portos do Arco Norte, com a realização dos leilões de seis novas áreas para terminais de uso privado (TUPs) na região em março.

Na abertura do Fórum, a Codesp também assinou dois convênios que vão melhorar a fiscalização do trânsito e a segurança nas vias portuárias. O primeiro, com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), permite que guarda portuária multe motoristas em situação irregular; o segundo prevê a utilização de lanchas pela Polícia Federal para fiscalizar o canal do porto e as áreas onde os navios aguardam autorização para aportar, evitando tráfico de armas e drogas e o roubo de navios.

 

 

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria de Portos - SEP/PR
comunicacaosocial.sep@portosdobrasil.gov.br
twitter.com/portosdobrasil
Fone: +55 (61) 3411 3702/3714